Perfil de usuario/a

IsabelleMarinho Gouveia

Resumen biográfico Ervas, Temperos E Hortaliças

A alfavaca é uma planta de folhas perene que teve sua origem na África e na Ásia, com fins medicinais e também culinários. Alguns exemplos de espécies de clima mais ameno: camomila, guaco, espinheira-santa, calêndula, marcela, estévia, bardana. Plantas de clima quente: arruda, jaborandi, capim-limão, guaraná, açafrão, boldo. Faça uma mistura com as ervas secas e prepare chá usando 20 g da mistura. Para preparar chá, em uma panela colocar 20 gramas da mistura e adicionar 1 litro de água fervente.

Indicações: É indicada para casos de prisão de ventre crônica, afecções respiratórias, das mucosas e da pele. Usada em casos de inflamações, principalmente no combate às afecções do aparelho genital feminino. É empregada em casos de bronquite crônica, constipação intestinal, colites, ansiedade, insônia, coqueluche, afecções das vias aéreas supeiores. Para uso externo é indicada nos casos de contusões e hemorróidas.

Unte molho de tomate dentro dos pães e coloque em um deles a mussarela e as folhas de alfavaca. Ferva a água e desligue fogo. Só então acrescente as folhas de alfavaca e deixe tampado por alguns minutos, ou até amornar. Coe em seguida. Tajujá - Tayuya: É usada em banhos fortes, de limpeza ou descarrego. A rama do tajujá é utilizada para circundar ebó de defesa. povo a indica como forte purgativo.

As inflorescências da planta em forma de chá são usadas popularmente para tratamento de problemas digestivos, flatulência, gripe, tosse, prurido, estresse, dor de cabeça, fadiga e como sedativo e expectorante. óleo essencial das inflorescências tem ação antibacteriana de amplo espectro associado com antibióticos ou em preparações de uso tópico alfavaca em lesões infectadas, principalmente por Staphylococcus aureus, cepa causadora de infecções cutâneas. Quando chá das folhas é usado para banhos, mesmo proporciona alívio dos sintomas de micose e afecções de pele em geral. A ingestão do chá das raízes é usado contra diarreias, distúrbios do estômago, dores de cabeça e como sedativo.

Alfavaca e os seus benefícios para coração Pesquisas realizadas mostraram que a alfavaca pode exercer diversos benefícios para coração. Devido ao magnésio em sua composição, essa erva ajuda a melhorar fluxo sanguíneo, além de possuir antioxidantes que diminuem colesterol ruim e aumentam bom.

Catinga-de-mulata - Cordão-de-Frade - Cordão-de-São-Francisco: Seu uso ritualístico se restringe aos banhos de limpeza e descarrego dos filhos de Oyá. povo a indica para curar asma, histerismo e como pacificadora dos nervos. Planta com aroma forte, purificadora de primeira linha, descarrega ambiente onde for queimada, e limpa a aura em forma de banho.

E a afirmação é unânime de que uma das plantas mais populares para trazer boa sorte, amizades maravilhosas e riqueza material é a Crassula ovata, também conhecida como Planta Jade. Muitas pessoas em todo mundo sabem que esta planta é um símbolo de boa sorte, prosperidade geral, fortuna e riqueza.

tratamento depende da causa dos vômitos. Se foi por intoxicação (exemplo: comeu plantas venenosas, a casa foi dedetizada ou está usando remédio contra carrapato ou pulga) deve-se ministrar anti-tóxico, existem vários remédios diferentes, aí é só solicitar na loja em que comprará remédio de uso animal. Chá de boldo e alcachofra também tem ação anti-tóxica. Esses você pode ministrar já frio através de seringa sem agulha, colocando diretamente na boca do seu cachorrinho.

19) Asma (dificuldade de respirar): agoniada, alfazema, azedinha (hortaliça), bananeira (suco), beladona (folhas, fumar as flores), cambará, cambuí, cardo-santo, cará-da-pedra, cedro-vermelho (flores), celidônia, cenoura (bulbo), cerefólio, cordão-de-frade, corticeira (casca), dorme-dorme (xarope), embaúba (raiz), espinheiro-maricá (foIhas), eucalipto (folhas), figo (fruto), gengibre (bulbo), hortelã-brava, jabuticaba (entrecasca), limão, mamoeiro (flor), marroio, maracujá, papoula-de-espinho, crem, perobinha-do-campo, pinheiro (resina), quiabo (semente), quitoco, rábano (suco), romã (flores), sabugueiro (folhas e flores), salsa (suco), sálvia, santos-filho (folha), trapoeraba (folhas e ramos), verbasco.

27) Bronquite: (inflamações dos brônquios ou pulmões): agrião, alcaçuz, alecrim, alfavaca, amor-perfeito, arruda, assa-peixe, avenca, babosa, barba-de-bode, bardana, beldroega, cabriúva, cacto, camboatá, cambará, cambuí, cambuí-caseiro, capim-pé-de¬galinha, cereja (casca), confrei, cravo-de-defunto, cenoura, cordão-de-frade, crista-de¬galo, douradinha-do-campo, erva-de-passarinho, erva-de-santa-maria, eucalipto, figo, figueira (torrar os frutos reduzir a pó e fazer chá - 1 colher de sopa), gengibre, guaxuma, iris, jaborandi, jatobá, jasmim (flor), oliveira, limão, linho (semente), malva, mamão, maracujá, mastruço, pau-doce, pinheiro (renovos), pulmonária, primavera, nabo, quitoco, salva, samambaia, tansagem, tussilago, umbaúba ou caixeta, trapoeraba, urucum, urupê, vassourinha, verbasco, verônica, violeta.

Deve-se cultivá-lo sob sol pleno, em solo fértil, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Pode ser plantado em vasos, ou diretamente em canteiros adubados. Suas pequenas flores atraem abelhas e lugar ideal para plantio do manjericão é próximo a cozinha, onde ficará disponível ao cozinheiro. Não tolera frio, geadas ou calor excessivo. Aprecia clima subtropical, tropical e mediterrâneo. Não suporta muitas colheitas subseqüentes, exigindo replantio. Multiplica-se facilmente por estacas de ponteiro, postas a enraizar na primavera ou por sementes.